Todo e qualquer fato pode ser associado à geografia. Não é a toa que ela é a disciplina da atualidade.

Terceirão…

Finalizamos a aula de atualidades com o filme INIMIGO DO ESTADO, a problemática do filme não está no que foi feito e sim, no que a segurança e a privacidade pode colocar em risco. Não se tem mais liberdade. Tudo pode ser vigiado. Tudo pode ser ouvido. Tudo isto por causa de uma bendita coisa chamada SEGURANÇA.

Será que estaremos seguros mesmo? Até que ponto as pessoas que farão a segurança, são dignas de fazê-lo? Estas são alguns questionamentos levantados no filme. São bem atuais. São bem reais.

O Uso de Novas Tecnologias de Comunicação não podem ser para fins próprios, quando estes são colocados para fins públicos. Aquilo que fizemos para evoluir, para chegar a um lugar mais rápido, ou estar com alguém (mesmo que virtualmente) mais rápido, não poderia ser usado para ridicularizar pessoas, vigiar, privar de uma liberdade que temos por garantia. Banalizar a comunicação é acabar com o principal e único poder que as pessoas tem, que não depende de ninguém para usar.

Os Meios de Comunicação não podem aprisionar as pessoas. Eles não podem acabar com a realidade. Pois quem acaba sendo vítima deles, somos nós, usuários.

(Fonte: faccinne.blogspot.com – com alterações)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s