Todo e qualquer fato pode ser associado à geografia. Não é a toa que ela é a disciplina da atualidade.

Arquivo para março, 2011

Breve…


É cada uma…

Ontem o Deputado do PP-RJ, Jair Bolsonaro disparou comentários homofóbicos e totalmente preconceituosos no programa do CQC, veja abaixo uma tentativa de explicação:

Após protocolar o requerimento no Conselho de Ética, Bolsonaro falou no plenário da Câmara dos Deputados. “Respondi uma bateria de perguntas por meio de um laptop, não tinha ninguém do programa, aceitei isso, e a última pergunta, quero crer que foi um erro meu, equivoquei-me na pergunta, naquele momento, o que entendi foi: se teu filho tivesse um relacionamento com um gay, qual seria teu comportamento? Dei uma resposta, que agora se leva para o lado: se teu filho tivesse um casamento com uma negra, qual seria teu comportamento? Peço aos colegas que, por ventura, não assistiram ao programa ainda, primeiro vejam a minha resposta.”

será que tem alguém que acredita?


Bem mais perto de Deus…


Comentário preconceituoso de deputado…

Preta Gil responde comentário preconceituoso de deputado – Em:29/03/2011 11:38

O CQC desta segunda-feira, dia 28, exibiu o quadro “O Povo Quer Saber” com o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).

Ao responder perguntas de anônimos e famosos, o político revelou que sente saudades da época da ditadura e disse não correr o risco de ter um filho homossexual.

Ao ser questionado por Preta Gil sobre como reagiria caso um filho seu namorasse uma negra, ele intitulou a possibilidade de “promiscuidade”.

“Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como lamentavelmente é o teu”, disse o deputado.

Em resposta ao deputado, a cantora disse em seu Twitter: “Advogado acionado, sou uma mulher Negra, forte e irei até o fim. Racismo é crime! E ele assume que o é. Conto com o apoio de vocês e na realidade vamos agradecer ao CQC que nos deu a prova maior”.

Em seu blog, Marcelo Tas se manifesta contra o depoimento de Bolsonaro. “Ao contrário dele, eu repudio a ditadura e o preconceito de qualquer natureza. Inclusive o preconceito de alguns que acreditam que um programa de humor não deva tratar desse assunto”, disse o líder do CQC.

(FONTE:CQC Band)

Segue um trecho de Mino Carta:Três séculos de escravidão vincam até hoje os comportamentos da sociedade brasileira

“Escrevi certa vez que se Ronaldo, o Fenômeno, se postasse na calada da noite em certas esquinas de São Paulo ou do Rio, e de improviso passasse a Ronda, seria imediata e sumariamente carregado para o xilindró mais próximo. Digo, o mesmo Ronaldo que foi ídolo do Brasil canarinho quando adentrava ao gramado. Até Pelé, creio eu, nas mesmas circunstâncias enfrentaria maus bocados, embora se trate de “um negro de alma branca”.

Aí está: o protótipo do preto brasileiro, o modelo-padrão, está habilitado a representar e orgulhar o Brasil ao lidar com a redonda ou ao compor música (popular, esclareça-se logo), mas em um beco escuro­ será encarado como ameaça potencial. Muitos, dezenas de milhões, acreditam em uma lorota imposta pela retórica oficial: entre nós não há preconceito de raça e cor. Pero que lo hay, lo hay.(…)

A herança da trágica dicotomia, casa-grande e senzala, continua a determinar a situação do País, dolorosamente marcada pela desigualdade. Há quem pretenda que o preconceito à brasileira não é racial, é social, mas no nosso caso os qualificativos são sinônimos: o miserável nativo não é branco.

A escravidão vincou profundamente o caráter da sociedade. De um lado, os privilegiados e seus aspirantes, herdeiros da casa-grande, e os empenhados em chegar lá, e portanto ferozes e arrogantes em graus proporcionais. Do outro lado, a maioria, em boa parte herdeira da senzala, e portanto resignada e submissa. De um lado uma elite que cuidou dos seus interesses em lugar daqueles do País, embora o Brasil represente um patrimônio de valor inestimável, de certa forma único. Do outro, a maioria conformada, incapaz de reação porque, antes de mais nada, tolhida até hoje para a consciência da cidadania.(…)

Aqui rico não vai para a cadeia, superlotada por pobres e miseráveis. (…)

(FONTE: Carta Capital)


Afinal, liberdade de expressão ou não?

O desenho mostra um macaco fazendo o simbólico gesto de “banana” com os braços e traz a inscrição: “Almoço para Obama terá baião de dois, picanha, sorvete de graviola…e banana, muita banana”. Na interpretação dos que viram racismo, supostamente o presidente norte-americano estaria representado no macaco. Mas o autor do trabalho discordou frontalmente. “Jamais faria isso. Nas eleições, eu usei camiseta do Obama, vi que era a renovação”, disse.

Segundo ele, o único objetivo foi criticar a pretensão dos Estados Unidos de serem superiores a outros países, inclusive provocando transtornos exagerados durante a visita e exigindo que os ministros tirassem os sapatos para serem revistados. “Não tem nada a ver com o Obama, com racismo, nem com nada”, reforçou Solda. “A república das bananas é uma coisa antiga e quis me referir exatamente a isso. É uma banana para o imperialismo, acham que aqui é o quintal deles.” (Gazeta do Povo)

No site do próprio SOLDA:

“Quando afirmo que há menos liberdade hoje do que no tempo da ditadura militar, sempre há quem me chame de pessimista, entre outros adjetivos bem mais pesados.

As acusações contra o Solda são de racismo e abuso da liberdade de expressão. As duas são ridículas: liberdade de expressão, como qualquer outra liberdade, existe ou não existe; se existe é para ser usada. Lá nos tempos ditatoriais, Millôr Fernandes disse que “só jornais mentirosos, escandalosos, corruptos e caluniadores nos dão a medida da nossa liberdade de imprensa”. Quer dizer: se há limites, não há liberdade. (…)
Ninguém se refere ao tema do cartum, que é a revolta planetária contra a facilidade com que o xerife saca seus mísseis e mariners contra os mais fracos – entre os quais nós, bananeiros. (…) Continuamos sendo tratados com condescendência, como macaquinhos de zoológico – nos dão umas bananinhas nanicas prá acharmos que a jaula é melhor que a floresta. Liberdade de expressão, liberdade de imprensa – banana prá quem acredita que isso existe em “democracia” neoliberal…”  Key Imaguire Jr. (arquiteto e professor)

Suposto racismo em charge de Obama causa demissão

O chargista Solda, de 58 anos, que já trabalhou, entre outras publicações, no Pasquim e Jornal do Brasil, além de várias agências de publicidade, foi demitido segunda-feira, 21, do jornal O Estado do Paraná, atualmente publicado apenas na internet, sob acusação de ter feito uma charge com tom racista durante a visita do presidente norte-americano Barack Obama.

A retirada da charge do site do jornal e a demissão aconteceram depois que ela foi publicada no blog Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim, com o título “Não, nós não somos racistas”. (FONTE: Rede TV)

Segue a charge abaixo:


Maratona:TERCEIRÃO…

Parabéns a todos os alunos do ICE que participaram da Maratona de Atualidades…


Hora do Planeta: Brasil e Mundo…

Centenas de pontos turísticos se uniram à campanha da WWF contra o aquecimento global – A Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos.

NO ESCURO: Partenon, Grécia (1), Big Bang, Londres, Arcos da Lapa (3) e Cristo Redentor (4) Rio de Janeiro, Teatro Municipal (5) e Ponte (6) São Paulo.


Hoje…

 Mais de 130 países terão parte de suas luzes apagadas às 20h30 (horário local) deste sábado (26) para participar da Hora do Planeta, ação simbólica por meio da qual pessoas, empresas e governos expressam voluntariamente suas preocupações com o meio ambiente e o aquecimento global.

No Brasil, 17 capitais confirmaram participação no evento, criado pela organização não governamental (ONG) WWF em 2007. A ideia é que luzes de residências e monumentos sejam apagadas por uma hora.

As prefeituras de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e Florianópolis (SC) confirmaram participação no evento, por exemplo. Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e João Pessoa (PB) também terão luzes de monumentos apagadas. De acordo com a WWF, um total de 98 cidades no Brasil confirmaram formalmente participação na Hora do Planeta.

No Rio de Janeiro, serão apagadas luzes de monumentos como o Cristo Redentor e os Arcos da Lapa. Em São Paulo, as luzes do Estádio do Pacaembu, da Biblioteca Mário de Andrade e dos Arcos do Anhangabaú, da Ponte Estaiada e do Obelisco do Ibirapuera serão apagadas.

Outros pontos turísticos no mundo como a Torre Eiffel, em Paris, o relógio Big Ben, em Londres, e o prédio do Empire State, em Nova York, também terão luzes apagadas.


Atualidades Segundão…

A Maratona de Atualidades no Segundo Ano foi marcado por momentos de muita tensão :o). As equipes A (líder, Victor)  e B (líder, Gilberton)  permaneceram praticamente com a mesma pontuação o tempo todo… ao final, venceu a equipe A.


Tempo…

“O segredo do tempo é consumi-lo sem percebê-lo. É fingir-se infinito para não o vermos passar(…) Matar o tempo é matar-se sem sentido. Perdê-lo é viver em vão.” (Paulo Esdras)

Turmas, aulas manhã, tarde e noite….

sem tempo pra postar agora…..amanhã tô aqui!

ESTUDAR!! E Torçer pra ir bem na prova de amanhã!

Eu, tô torcendo por aqui!


Hoje, no ICE…


Obama no Brasil…

A Casa Branca divulgou uma foto de uma tenda à prova de escuta que o presidente americano, Barack Obama, usou quando estava no Brasil para manter discussões seguras com seus auxiliares sobre a operação militar na Líbia.

Segundo o correspondente da BBC em Washington Rajini Vaidyanathan, esta foi uma das raras ocasiões em que o governo dos EUA divulgou imagens de uma dessas tendas, instalações para troca de informação confidencial batizadas de Sensitive Compartmented Information Facility (SCIF, na sigla em inglês).

As SCIFs são tidas como os locais mais seguros do mundo para se manter conversações à distância; elas são à prova de grampos e de som e são protegidas contra a ação de hackers.

A foto divulgada pela Casa Branca mostra Obama ao telefone, ao lado do conselheiro de segurança do governo americano, Tom Donilon, à direita e o chefe de Gabinete da Casa Branca, Bill Daley, à esquerda.

Anel
Segundo o governo dos EUA, eles mantinham uma conferência com a secretária de Estado do país, Hillary Clinton e o secretário de Defesa, Robert Gates, entre outros, de dentro de seu quarto de hotel, no Rio de Janeiro. É possível ver o carpete estampado do hotel.

As SCIFs formam uma espécie de anel de ondas eletrônicas que impede que sinais entrem ou saiam da tenda, exceto as comunicações criptografadas enviadas por uma linha segura via satélite.

Para entrar em uma SCIF, é necessária uma combinação de senhas, crachás e dados biométricos. Tais tendas são sempre transportadas durante as viagens presidenciais e vem se tornando, com o tempo, cada vez menores e mais portáteis.(Fonte:G1)


Enquete


Vídeo:tsunami em alto-mar


Semana de Provas…

Hoje começaram as provas no ICE, alunos, dia de prova é para relembrar o que já foi apreendido por você.

Não é dia de começar a estudar o que foi visto.

Fiquem atentos aos conteúdos, não deixe para última hora.

BOAS PROVAS!!!


A indústria do vestibular…

“…O vestibular virou indústria. E os robôs que saem das usinas pré-vestibulares só têm dois movimentos: marcar cruzinha e rezar.

O filho da nossa nervosa amiga chegou em casa meio pessimista com uma das suas provas.

— Sei não. Acho que entrei pelo cano. O Inglês não estava mole.

– Mas meu filho, hoje não era inglês! Era física e matemática!

– Oba! Então acho que fui bem.”

Trecho da crônica: O flagelo do Vestibular – Luiz Fernando Veríssimo


Pérolas…

Nesse início da semana de Testes (21 à 25/03), achei inspirador postar algumas pérolas dos alunos que rolam pela internet. Estudem alunos, estudem, pra não cometer alguns desses sacrilégios abaixo:

Existem ainda aquelas:

“Fidel Castro liderou a revolução industrial de 1917, que criou o comunismo na Rússia”

“A História se divide em 4: Antiga, Média, Momentânea e Futura, a mais estudada hoje”

“As aves tem na boca um dente chamado bico”

E pra fechar….

“A Geografia Humana estuda o homem em que vivemos”

Senhor, dai-me a luz!

Alunos, bons estudos! e para amanhã, BOAS PROVAS!


Retorno incerto…

Ishinomaki, na Província de Miyagi, nordeste do Japão, praticamente não existe mais. A cidade portuária, em que viviam cerca de 160 mil pessoas, foi varrida pelo tsunami da semana passada, e cerca de 10 mil moradores ainda continuam desaparecidos. Até agora, perto de 2 mil foram confirmados mortos.

Muitos sobreviventes estão alojados na Escola Primária Kama e é lá que estão 30 crianças japonesas, entre 8 e 12 anos, que esperam pacientemente, e em silêncio, os pais irem buscá-las, segundo mostrou uma reportagem da TV japonesa.

Até agora ninguém deu sinal de vida, e poucos na escola acreditam que esses pais aparecerão. Os professores dizem que algumas destas crianças sabem que seus pais estão entre os desaparecidos e que talvez nunca atravessem o portão da escola.

Mas ninguém diz nada. Não riem. Nem choram. Passam o dia lendo livros ou brincando com cartas, isolados no terceiro andar da escola.

O silêncio deles, segundo as pessoas que acompanham a história, é de cortar o coração e contrasta com o barulho que vem de fora, das outras crianças que gritam, correm e se divertem ao redor do refúgio.

Parentes e professores não deixam ninguém chegar perto. Temem que até o ruído da porta se abrindo possa dar falsas esperanças para estes estudantes.

(Fonte:G1)


Radiação no planeta…

(Fonte:G1)


Japão…

Amostras de leite e espinafre das cidades de Fukushima – palco do acidente nuclear na usina de Daiichi por conta do terremoto de magnitude 9 – e Ibaraki, no Japão, apresentaram excesso de radiação, afirmaram autoridades japonesas neste sábado (19). O governo também afirmou que as águas correntes de Tóquio e de cinco províncias do país também apresentam pequenas amostras de iodo radioativo e césio, porém sem risco à saúde humana.

O porta-voz do governo Yukio Edano afirmou que a radiação estava acima dos padrões regulamentados no país. Segundo a Agência Internacional de Energia Atômica (AEIA), o Ministério da Saúde do Japão solicitou uma investigação sobre produtos alimentícios vindos de Fukushima (A AEIA havia informado anteriormente que a venda dos produtos havia sido suspensa. A agência divulgou a correção desta informação às 13h30 deste sábado).(…)

Quando ingerido, o iodo radioativo pode ser acumulado e causar danos à glândula tireoide. Para combater esse efeito, o governo japonês recomendou a distribuição de cápsulas de iodo estável (não radioativo) aos refugiados da área de 20 quilômetros ao redor de Fukushima, para evitar que o material radioativo seja absorvido.

Edano disse que o governo foi informado na sexta-feira (18) que altos níveis de radiação foram detectados em leites de vacas em uma fazenda na cidade de Fukushima, segundo informou a rede de televisão “NHK”. O porta-voz ainda divulgou que o governo recebeu a informação de que seis amostras de espinafre testadas em um instituto de pesquisa na cidade de Ibaraki continham níveis mais altos de radiação do que o padrão oficial.

Segundo a “NHK”, o ministro da Saúde do Japão pediu que Ibaraki identifique onde essas amostras de espinafre foram retiradas e qual é sua rota de distribuição.

(Fonte:G1)


HD Virtual já está on line…

Turmas, o HD Virtual já está on line, verifiquem no canto direito da página, tem um link para outra página que fala sobre o HD, clique na imagem (HD VIRTUAL Fronteira Geográfica) que você será automáticamente transferido para a página do 4shared, onde estão os arquivos….

Bons estudos!!!!


Maratona Atualidades Primeiro Ano – Turma A

Parabéns aos alunos que participaram da Primeira Maratona de Atualidades/2011 do ICE (clique nas imagens para ampliar)


HD Virtual…

Alunos, agora, para facilitar, vocês poderão baixar os arquivos (slides, vídeos, documentários e textos) de um HD VIRTUAL.

Todo o material utilizado nas nossas aulas, seja em Geografia ou Atualidades, estarão postados no HD por ano (haverá uma pasta para o Primeiro Ano, uma para o Segundo Ano e outra para o Terceiro Ano.)

Assim que finalizar a montagem do HD Virtual posto o link aqui.


Coletânea de Textos: Crise no Mundo Árabe

O arquivo a seguir é uma coletânea de 8 textos, de diferentes revistas/jornais/blogs  sobre a Crise no Mundo Árabe.

É necessário o aprofundamento no assunto para que se possa criar bons argumentos sobre o mesmo.

Veja trechos de um dos textos:

“Hesitei um pouco em escrever sobre o que ocorre hoje no mundo árabe. Tudo é muito distante de nós e as informações precisam ser muito bem checadas para não dizermos besteiras. Mas há coisas que são gritantes. (…) É incrível como a mídia, de repente, descobriu que havia ditadores no mundo árabe. Do nada, essa palavra começa a pipocar em todos os jornais e revistas. Até então, para os meios de comunicação, ditador mesmo era só o Fidel, em Cuba. No geral, lá para as bandas do mundo árabe, eram todos amigos dos Estados Unidos (…)  Gente ruim era a turma dos palestinos, dada a violência gratuita. Mas os homens do poder dos países árabes “amigos” eram tudo gente boa, democrática, que ofereciam vida farta ao seu povo. Quem nunca viu na “vênus platinada” os documentários sobre a Arábia Saudita ou Dubai? Só belezas! (…)

“Obama exige que Mubarak renuncie”. Mas ora vá, que tem Obama a ver com isso? A Globo não explica muito bem. Por que motivo o presidente de uma nação vem querer cantar de galo em outra? Quais as ligações que unem esses seres? (…)

Pois diante dos protestos que ocorrem agora em todo o país, no rastro de pólvora iniciado pelo povo tunisiano, Kadafi se vê ameaçado de invasão por tropas da Otan. E quem foi que deu essa idéia brilhante? Obama! De novo, o presidente de um país que invadiu o Iraque e matou quase sete milhões de pessoas, grande parte civis. Por que a mídia nunca reagiu com tanta veemência diante dos crimes dos EUA? Por que as gentes do Iraque não merecem o mesmo respeito que estão tendo agora o povo da Tunísia, do Egito, do Baheim? Em que o povo que luta desesperadamente pela liberdade no Iraque é diferente? Por que não vemos a mesma indignação nos olhos dos âncoras da TV quando os palestinos são massacrados diariamente? Por que as tropas da Otan não param Israel? Que interesses estão em jogo neste tabuleiro árabe? Creio que mesmo com as poucas informações que temos pode-se fazer uma análise mínima.(…)

A famosa democracia, tão proclamada pelos Estados Unidos quando é para fazer com que as coisas sejam do seu jeito, não é modelo para ninguém. (…) – Elaine Tavares é jornalista (Brasil de fato)

Leia o texto : UMA PALAVRINHA SOBRE AS LUTAS NO MUNDO ÁRABE (texto número 2) , na íntegra AQUI


Para Neda

Em 20 de junho de 2009, Neda Agha-Soltan foi baleada e assassinada nas ruas de Teerã durante os protestos que se seguiram à eleição presidencial iraniana. Em questão de horas, imagens de seus instantes finais, registradas em celulares, surgiram nas telas de computadores por todo o mundo, atraindo a atenção mundial para os protestos contra as eleições iranianas.

Baixe o documentário AQUI

Não se esqueçam quem produziu o filme.

A Mentorn Media é uma produtora inglesa que executou o filme para a HBO,  um canal norte-americano (subsidiária da Warner). Portanto só reproduzirá informações que esses países querem que sejam divulgadas.

Após assistir ao documentário – Para Neda, leia também os artigos: Surpresa, a Tunísia era uma ditadura e Uma palavrinha sobre as lutas no Mundo Árabe.

Sempre tenham uma visão crítica sobre tudo que leiam, assitam ou vejam. Procure pensar em quão tendenciosa a notícia/canal é.Nunca assista UMA noticía e tome ela como verdade ABSOLUTA. Procure assistir outros canais também e veja como aquele mesmo fato pode ser noticiado de forma diferente. 


Japão:construções preparadas

Desde os anos 1980, as edificações no Japão têm de seguir normas específicas para minimizar o impacto dos abalos. Elas têm de combinar materiais resistentes com fexíveis, que absorvem parte da energia despendida pelo terremoto.

(Fonte:Isto É)


Japão está localizado entre três placas tectônicas

A localização do arquipélago japonês, situado entre três placas tectônicas, ajuda a explicar a frequência com que o país oriental sofre abalos sísmicos e a magnitude com que isso acontece.

Placas tectônicas são blocos rochosos, alguns de dimensões continentais, que dão sustentação à superfície da Terra.

O arquipélago do Japão está localizado entre as placas Eurasiana, das Filipinas e do Pacífico. (veja infográfico).

Cada placa resulta de “colagens” de placas anteriores, formadas há milhões de anos. Por isso, sua formação é cheia de falhas.

Basicamente, é a movimentação dessas falhas que provoca terremotos. Podem causar também deslizamentos de terra, tsunamis e até mudanças na rotação do planeta.

(Fonte:Jornal O Povo)


Terceiro Ano – Crise no Mundo Árabe

Faça o donwload da apresentação Crise no Mundo Árabe AQUI

“…quem pauta a cobertura internacional da imprensa brasileira é um restrito grupo de três agência noticiosasReuters, Associated Press e United Press International, todas afinadíssimas com as prioridades geopolíticas dos Estados Unidos.

Passadas mais de duas décadas, a cobertura internacional da mídia brasileira ainda se orienta por diretrizes estrangeiras. A única diferença é que agora as agências enfrentam a competição de outros fornecedores de informação, como a CNN e os serviços de empresas como a BBC e o New York Times, oferecidos pela internet. Mas o conteúdo é o mesmo. O resultado é que as informações internacionais que circulam pelo planeta, reproduzidas com mínimas variações em todos os continentes, são quase sempre aquelas que correspondem aos interesses de Washingon.

Quem confia nessa agenda está condenado uma visão parcial e distorcida, uma ignorância que só se revela quando ocorrem “surpresas” como a rebelião popular que derrubou o governo da Tunísia. De repente, o mundo tomou conhecimento de que a Tunísia — um país totalmente integrado à ordem neoliberal e um dos destinos favoritos dos turistas europeus — era governada há 23 anos por um ditador corrupto, odiado pelo seu povo. Como é que ninguém sabia disso?

A mídia silenciou sobre o despotismo na Tunísia porque se tratava de um regime servil aos interesses políticos e econômicos dos EUA. O ditador Ben Ali nunca foi repreendido por violações aos direitos humanos e, mesmo quando ordenou que suas forças repressivas abrissem fogo contra manifestantes desarmados, matando dezenas de jovens, o presidente estadunidense Barack Obama e sua secretária de Estado, Hillary Clinton, permaneceram em silêncio. Não abriram a boca nem mesmo para tentar conter o massacre. Só se manifestaram depois que Ben Ali fugiu do país, como um rato, carregando na bagagem mais de uma tonelada de ouro.

O caso da Tunísia não é o único na região. No vizinho Egito, outro regime vassalo dos EUA, Hosni Mubarak governa ditatorialmente desde 1981. Suas prisões estão lotadas de opositores políticos e as eleições ocorrem em meio à fraude e à violência, o que garante ao governo quase todas as cadeiras parlamentares. Mas o que importa, para o “Ocidente”, é o apoio da ditadura egípcia às posições estadunidenses no Oriente Médio, em especial sua conivência com o expansionismo israelense.

Por isso, a ausência de democracia em países como a Tunísia e o Egito nunca recebe a atenção da mídia convencional, ao contrário da condenação sistemática de regimes autoritários não-alinhados com os EUA, como o Irã e o Zimbábue. É sempre assim: dois pesos, duas medidas.

*Artigo publicado originalmente no Brasil de Fato. Igor Fuser é jornalista, doutorando em Ciência Política na USP, professor na Faculdade Cásper Líbero e membro do Conselho Editorial do Brasil de Fato. 

*Charge – Carta Capital


Segundo Ano – Formas de Relevo

Turma do Segundo Ano, AQUI segue a apresentação dos slides das FORMAS DE RELEVO que ainda não terminamos de ver, vamos finalizar somente na próxima semana.

Os slides sobre o PASSADO GEOLÓGICO DA TERRA poderão ser baixados AQUI, esses slides serão cobrados no Teste de Geografia.


Primeiro Ano – Fusos Horários

Fusos horários são cada uma das vinte e quatro áreas em que se divide a Terra e que seguem a mesma definição de tempo. O termo fuso denomina a porção de superfície esférica compreendida entre dois semiplanos que partem de um diâmetro da esfera, assemelhando-se à superfície externa de um gomo de laranja. Anteriormente, por volta de 1300 ou já antes, usavam-se o tempo solar aparente, passagem meridiana do sol, de forma que a hora do meio-dia se diferenciava de uma cidade para outra. Os fusos horários corrigiram em parte o problema ao colocar os relógios de cada região no mesmo tempo solar médio.

Semana que vem faremos as listas de exercícios de Fusos Horários em sala de Aula…Porém, os slides já estão disponíveis AQUI


Rota do Tsunami – Japão

Milhões de japoneses foram alertados sobre o potente terremoto de magnitude 8,9, que atingiu a costa do país nesta sexta-feira (11), cerca de um minuto antes do tremor, graças ao eficiente sistema nacional de detecção sismológica.

O sofisticado sistema é alimentado por uma rede de aproximadamente 1.000 sismógrafos espalhados por todo o país, capazes de detectar e analisar as primeiras ondas dos terremotos, divulgando um alerta em tempo real.

As ondas sísmicas primárias viajam mais rápido pelo solo do que as secundárias, o que significa que sistemas de alarme como o japonês podem senti-las momentos antes da terra começar a tremer.

“O sistema funcionou bem, porque os alertas foram mostrados em redes de televisão por todo o país”, explicou à AFP o especialista Hirohito Naito, da Agência Meteorológica Japonesa.

O alarme também foi divulgado pelo rádio, além de via celular e e-mail para pessoas cadastradas no sistema.

Em Tóquio, o primeiro choque foi sentido cerca de um minuto depois do alerta.

O poderoso sistema japonês foi implementado em 2007, e já divulgou 17 alertas desde então.

Cerca de 20% dos terremotos mais devastadores do planeta acontecem no Japão.

(Fonte:G1)


Japão….11/03/2011

Ondas de tsunami atingiram residências após o terremoto, em Natori, Miyagi no Japão

Casas arrasadas pela onda perto do aeroporto de Sendai.

Área inundada em Iwaki após passagem de tsunami

Casas invadidas pela água pegam fogo em Natori.

Estrada destruída no Japão

Imagem de agência meteorológica dos EUA mostra extensão do tsunami no Oceano Pacífico.

 

Fonte:G1


Terremoto/Tsunami no Japão

Às 14h46 (horário local; 2h46 em Brasília) desta sexta-feira (11) um terremoto de 8,9 graus de magnitude atingiu o arquipélago do Japão. Foi o mais forte terremoto registrado no Japão e o sétimo na história do mundo.

Fonte:G1


PARABÉNS…

Parabéns aos alunos ICE aprovados no vestibular/2011!!!

Sua aprovação não foi por sorte e muito menos por acaso. Mas foi sim, o resultado de muito esforço e interesse, aplicado em sua busca na realização de um sonho.

Parabéns pelo vestibular e tudo de bom nesta nova etapa de sua vida!! Vocês mereceram!!!

 Felipe, Isa, Letícia, Christian, Larissa, a todos que passaram nas universidades/ faculdades!!!! É por vocês que sempre vale a pena..todos os dias em sala de aula.


Carnaval…

Você já parou para pensar porque comemora o carnaval? Afinal, para que serve o carnaval? O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar no Cristianismo da Idade Média. O período do Carnaval era marcado pelo “adeus à carne” ou “carne vale” dando origem ao termo “Carnaval”. Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no Carnaval francês para implantar suas novas festas carnavalescas.

 

BOM CARNAVAL A TODOS!!!

(Fonte:Blog do Lança)


O passado geológico da Terra…(Segundo Ano)

A Terra tem a idade geológica calculada entre 4,5 e 5 bilhões de anos. A geologia, ciência que se dedica ao estudo do planeta, divide a idade geológica em eras, épocas, períodos, idades e fases.

No início a Terra apresentava sobre a sua superfície um material derretido quente, muito quente, formado em grande parte por ferro, níquel e outros metais pesados, que com o decorrer do tempo foram se concentrando em seu núcleo .

Há cerca de 3,9 bilhões de anos , o resfriamento permitiu a solidificação das rochas, dando origem a uma camada sólida externa sobre a superfície terrestre , que é a crosta.
Em virtude das forças internas da terra a Pangéia teria sido dividida por um longo braço de mar, dando origem a duas grandes massas continentais: Gondwana e Laurásia.