Todo e qualquer fato pode ser associado à geografia. Não é a toa que ela é a disciplina da atualidade.

Tragédia desmedida…

Não só o Rio de Janeiro está chorando, mas todo o país. Pegos de surpresa por uma covardia sem tamanho, choramos todos.

Como professora, mãe, ser humano, difícil crer uma mente tão doentia capaz de planejar tal fato. Quantas famílias devem seguir agora ‘quebradas’, destroçadas na verdade, pois um, não seguirá mais junto com seus sonhos.

Sempre escutei de meu pai que o processo natural da vida é morrer o pai e depois o filho, nunca os filhos antes dos pais, isso deveria ser proibido.

No site da Revista Carta Capital, o professor Adilson Filho diz: “O fato é que as crianças que choramos hoje, nós não recuperaremos mais, mas e o amanhã? E as crianças e jovens que ficaram, os sobreviventes de todo o Brasil, que amanhã terão que ir pras suas salas de aula viver mais um dia de insegurança e de medo?”

A sociedade encontra-se em crise, resta, seguir na tentativa de ‘educar’ nossas crianças, nossos jovens, nossos adultos e pedir muito a Deus que ajude essas famílias a tentar, pelo menos, tentar seguir em frente.

O grande pensador John Dewey afirmou certa vez que a  educação não é preparação nem conformidade, mas sim, a educação é vida,  é viver, é desenvolver, é crescer.

Vamos crescer todos juntos.

Fernanda Brum Lopes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s