Todo e qualquer fato pode ser associado à geografia. Não é a toa que ela é a disciplina da atualidade.

71 países se comprometem a aumentar segurança nuclear

Representantes dos 71 países que desenvolvem programas de energia nuclear concluíram hoje (14/04) que os acidentes radioativos na Usina Nuclear de Fukushima Daiichi (no Nordeste do Japção) devem servir de lição para o restante do mundo. A conclusão é da Convenção de Segurança Nuclear, em Viena, na Áustria.

A convenção ocorre a cada três anos e não tem poder de impor aos membros normas de segurança. “As partes se comprometem a tirar conclusões e a agir a partir das lições do acidente de Fukushima”, diz o documento, assinado pelos representantes dos 71 países e pela Comunidade Europeia da Energia Atômica.

A Usina de Fukushima registrou explosões e vazamentos radioativos em decorrências de falhas causadas no sistema provocadas pelo terremoto seguido por um tsunami do dia 11 de março. A água, o ar e até plantas e animais da região foram contaminados por radiação.

Os acidentes geraram um debate sobre a segurança da energia nuclear e a necessidade de adotar regras mais rigorosas para os países que têm programas na área.

No último dia 4, o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea), Yukiya Amano, advertiu que, após a catástrofe de Fukushima, a indústria nuclear não pode continuar “como se nada tivesse acontecido”.

Fonte: Carta Capital

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s